Amigoo, quem tem cuida.
Contato: 0800 717 3333 | Atendimento 24 horas
Amigoo, quem tem cuida.
Contato: 0800 717 3333 | Atendimento 24 horas

Plano de saúde para pets atende só 1% de cães e gatos – Valor Econômico

Plano de saúde para pets atende só 1% de cães e gatos

Cada vez que seu pet perde o apetite ou abana o rabo sem nenhuma energia, a primeira preocupação é com uma possível doença. A segunda é com os gastos com o veterinário – consultas, remédios, exames. Uma internação pode passar dos R$ 15 mil. Para quem o animal já faz parte da família, não há alternativas – só resta pagar e, em geral, à vista.

Para evitar esses sobressaltos, cada vez mais donos de animais estão procurando planos de saúde para pets, uma modalidade ainda incipiente e bastante semelhante à dos convênios médicos oferecidos para humanos. O mercado tem um vasto filão a explorar. Segundo dados do IBGE de 2014, existem 72 milhões de cães e gatos no país. “Mas não chega a 1% o número desses animais com plano de saúde ou assistência”, diz Luiz Genova, sócio da empresa Amigoo Pet.

O mercado de planos não passa ainda de R$ 45 milhões, cifra bastante tímida perto dos R$ 18,9 bilhões faturados pelo conjunto do mercado pet no ano passado, segundo dados da Associação Brasileira da Indústria de Produtos Pet.

A Amigoo Pet faturou R$ 200 mil em 2016 e a projeção para este ano é chegar a R$ 1 milhão. Aberta em junho de 2015, a empresa fechou o ano seguinte com 20 mil contratos e a previsão é atingir 100 mil até dezembro.

Como a maioria dos planos de saúde para pessoas, o plano pet também é segmentado. Na Amigoo Pet, o básico custa R$ 39,90 mensais e o mais completo, R$ 89,90. “A diferença fica por conta da quantidade de serviços prestados. O básico não conta com assistência de especialista nem com internação, mas oferece atendimento de urgência e emergência, exames laboratoriais, cirurgia, hotel em caso de viagem do cliente e auxílio funeral”, diz Gonçalves Raphaelli, também sócio da empresa.

“O mais caro disponibiliza os mesmos serviços do básico, além de acupuntura, fisioterapia, tratamento odontológico, vacinação, entre outros”, detalha.

Na linha corporativa individual, a empresa personalizou vários planos que começam na faixa de R$ 20,00 por mês. A novidade, segundo Gonçalves Raphaelli, é um plano de R$ 200,00 mensais, que oferece a cada três meses um check-up completo do animal.

Ainda de acordo com Gonçalves Raphaelli, o crescimento se deve ao modelo de negócios da empresa. “Além de planos individuais, temos produtos customizados para seguradoras, ou seja, a assistência pet acoplada a um produto principal. Por exemplo, um seguro residencial que tem embutido o seguro pet e um terceiro produto, que é o produto customizado. “Nesse caso, fazemos parceria com o corporativo”, explica. Outro exemplo são os seguros compulsórios: “o cliente contrata um seguro de viagem e, se durante a viagem, seu pet tiver problemas, nós ajudamos”, diz.

O empresário diz que a Amigoo Pet “está negociando com alguns bancos para que determinados cartões de crédito black – correspondentes a 100 mil clientes – incluam assistência pet no cartão como um benefício ao correntista”. A empresa atende 24 horas em todo o Brasil e opera com prépagamento do veterinário e reembolso para o cliente.

A Health for Pet, empresa do Grupo Porto Seguro aberta em julho de 2014, registra um acréscimo de 2 mil vidas ao mês, uma alta de 15% ao ano no faturamento. “A maioria das pessoas tem pet em casa e os trata como verdadeiros membros da família que demandam muita atenção como qualquer ser humano”, afirma Julio Gualter, diretor de TI e executivo do Health for Pet.

“Preocupadas com os riscos e os benefícios, essas pessoas estão cada vez mais olhando para o plano de saúde pet, o que nos coloca na vanguarda das novidades e inovações dos benefícios e cobertura oferecidos ao mercado.”

Segundo o diretor, “é mais que um seguro, é um plano de saúde que garante todo o atendimento e cobertura necessários para assegurar a saúde do pet, com consultas e exames preventivos, como qualquer ser humano faz”.

Os planos da empresa também são segmentados. Vão do básico, que prevê clínica e consulta e que está na faixa de R$ 70,00 até R$ 310,00, que oferece cobertura completa, com exames de imagem, castração, limpeza de tártaro, cirurgias, funeral, além de reembolso no caso de livre escolha.

Hoje, a concentração de planos está no intermediário completo, que custa R$ 105,00, oferece cobertura total sem direito a reembolso e representa 45% do total de planos comercializados.

A Health for Pet atende cidades da Grande São Paulo, Grande Rio, além de Belo Horizonte, Curitiba, Campinas, Piracicaba e Baixada Santista. “Para 2017, a perspectiva é ampliar a rede de atuação, chegando a um faturamento de 3 mil vidas mensais, com crescimento de 13% ao ano”, detalha.

Na empresa, os clientes que mais contratam “são casais sem filhos e mulheres que desejam minimizar o risco de desembolsar um alto valor para um evento de saúde”, afirma ele.

A Pet Prevent, criada em 2006, é um modelo diferenciado de plano de saúde voltado exclusivamente para a prevenção. Custa R$ 3.328,00 e pode ser parcelado em 10 vezes. “Uma vez por ano, o animal passa por um check up geral que vai de exames do coração a exame periodontal”, informa Carla Berl, diretora do Hospital Pet Care.

O hospital foi aberto em 1991. Em 2012 transformou-se em rede e hoje conta com quatro hospitais e um centro de oncologia, que oferece radioterapia. Segundo Carla, a rede de hospitais tem hoje 80 mil clientes em carteira e a Pet Prevent comercializa cerca de 40 planos novos ao ano. “A preocupação desse cliente é diagnosticar antecipadamente possíveis doenças, garantindo mais tempo de vida ao animal”, afirma.

 

Matéria publicada em 29 de junho de 2017 no site do Valor Econômico

About the author